Ripe

Escola Municipal José Francisco Nunes

Envolvidos no projeto: Iêda e Nelson (professores)

A Escola Municipal José Francisco Nunes está localizada na Zona Rural, rua dos Crentes s/n, Vila do Itapicuru, distante 7 km da cidade de Irecê na Chapada Diamantina Setentrional no Estado da Bahia.

A instituição conta com 16 professores, 02 auxiliares de disciplina, 01 Coordenador Pedagógico, 01 Gestor Escolar, 05 merendeiras, 04 auxiliares de serviços gerais, 01 secretária, 02 auxiliares de secretaria. Possui uma infra-estrutura com 04 salas de aula, 01 cantina, 01 sala de professor, 01 laboratório de informática (com 05 máquinas, 01 impressora), 01 secretaria (com aproximadamente 1,30m x 1m), 01 depósito para merenda (com aproximadamente 1,30m x 1m), 02 micro computadores (01 para sala dos professores e outro para uso administrativo), uma extensão com 04 salas de aula, 01 cantina.

Além do projeto Ripe a escola desenvolve o projeto "O uso das Tecnologias de Comunicação e Informação na/da Escola Municipal José Francisco Nunes". O Projeto "Uso das Tecnologias de Comunicação e Informação na/da Escola Municipal José Francisco Nunes" se coaduna com os demais projetos desenvolvidos na instituição tendo como aporte essencial o laboratório de Informática da escola e o Centro de Inclusão Digital da Vila do Itapicuru. O que se pretende é que sejam integrados a este projeto as diversas mídias e suportes, com a finalidade de transformar os professores e alunos protagonistas dos processos sociais como atores, autores e produtores de cultura e conhecimento não meros consumidores de informação.

Com o uso das Tecnologias de Comunicação e Informação este projeto pretende gerar impacto no modo de apropriação dessas na educação e garantir a ampliação das oportunidades de expressão de pontos de vista de alunos e professores, criando condições para o exercício da cidadania a partir da mobilização de alunos e professores desta instituição.

Temos como pretensões através do projeto:

OBJETIVO GERAL

Desenvolver a cultura da interatividade e da pesquisa científica na/da Escola Municipal José Francisco Nunes tendo as tecnologias da informação e comunicação enquanto mecanismo estruturante e fundante do processo de pesquisa-ensino-aprendizagem.

OBJETIVOS ESPECIFICOS

  • Fomentar a cultura da inclusão digital na Escola Municipal José Francisco Nunes como de inclusão social;
  • Proporcionar uma maior propagação do conhecimento científico através da utilização dos recursos tecnológicos disponíveis;
  • Identificar como os alunos e professores compreendem as atividades de caráter interativo e colaborativas;
  • Entender as TICs como suporte para o desenvolvimento dos projetos da/na educação requerida pela sociedade contemporânea levando em consideração a construção do conhecimento;
  • Contribuir para a formação de alunos e professores na/da contemporaneidade enquanto atores e autores atuantes e responsáveis nos ambientes interativos e colaborativos;
  • Auxiliar alunos e professores na busca de outras formas de comunicação nos espaços colaborativos e interativos;
  • Analisar informações e dados coletados a partir de observações e fontes primárias e secundárias;
[[InfraestruturaJose][Infraestrutura da Escola Municipal José Francisco Nunes

1º VÍDEO

DISCIPLINA DE HISTÓRIA

PROFESSORA ELIABE BATISTA

HISTÓRIA DO POVO DE ITAPICURU CONTADA POR SEU NEEMIAS

Hoje a professora Eliabe recebeu na Escola Municipal o Senhor Neemias Mendes Nunes para contar um pouco da história do povo para os alunos. Como não temos ainda nosso kit, a filmagem foi feita com a câmera fotográfica da escola. Agora é esperar para edição!

ENVOLVIMENTO - IMPRESSÃO DO GRUPO Alguns professores já estão fazendo uso dos conhecimentos adquiridos
na oficina e editando material produzido agora no final do ano nas
culminâncias de alguns projetos. Fotos e vídeos feitos em câmara
digital estão servindo como demonstração de resultados dos projetos
desenvolvidos.
Eu, particularmente, trabalhei com os meus alunos o texto que Anselmo
disponibilizou no moodle. Tentamos explorar o RIPE como um
instrumento de inclusão digital de forma significativa, pois não é só
o acesso as TICs, mas utilizá-las de maneira tal, que possamos expor e
solidificar aspectos culturais locais e também possibilitar autonomia
para o aluno construir seu próprio conhecimento através de suas
experiências, é claro que isso deve ser entendido pelo aluno como
objeto de sua própria responsabilidade.
Alguns conceitos também foram abordados como: rede intercâmbio,
produção educativa, software livre, inclusão digital, etc.
Não para por aí, mas por enquanto é só.
Nós pretendemos sistematizar o registro dessas atividades e, quando
conseguirmos poderemos disponibilizar no moodle ou em outro meio mais
adequado.

Abraço

Nelson Rodrigues

*OFICINA DO GIMP

*O PONTO DE CULTURA SOB A COORDENAÇÃO DE RITA DE CASSIA DOURADO E ARISTON EDUÃO ORGANIZOU E EXECUTOU A PRIMEIRA OFICINA DE GIMP PARA ALUNOS E PROFESSORES DA ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ FRANCISCO NUNES NOS DIAS 13/14 DE NOVEMBRO DE 2008. PARTICIPARAM DA OFICINA 12 ALUNOS ESCOLHIDOS ENTRE AQUELES QUE PUDESSEM MULTIPLCAR EPROFESSORES ENVOLVIDOS NO PROJETO RIPE E INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA. A OFICINA FOI ORGANIZADA EM DOIS MOMENTOS: UM TEÓRICO E UM PRÁTICO.

*DIFICULDADES

  • *QUEDA DA ENERGIA ELÉTRICA DEVIDO A ÉPOCA DAS CHUVAS
  • *FORMAÇÃO DAS MÁQUINAS DO CENTRO DE INCLUSÃO

AVANÇOS

  • ENVOLVIMENTO DOS DEMAIS PROFISSIONAIS PARA COM O PROJETO
  • ENVOLVIMENTO DE ALUNOS
  • DIFICULDADES DESENVOLVIDAS COM OS CONHECIMENTOS CONTRUÍDOS
aula oficina

*

REUNIÃO DA ESCOLA JOSÈ FRNCISCO NUNES - 2008

Após a reunião com Bonila o grupo do projeto RIPE da Escola José Francisco Nunes reuniu-se para consolidar o que foi discutido na reunião do dia 06/12 em relação à participação da nossa escola junto ao projeto.

Na oportunidade, ficou combinado uma participação mais efetiva dos participantes na lista e no moodle. Também ficou determinado um cronograma de atividades para o período de férias. Uma avaliação da oficina de GIMP E SKINCAPE que foi realizada no Centro de Inclusão do Povoado de Itapicuru, no intuito de explorar de forma produtiva o que foi trabalhado com o pessoal (professores e alunos).

Desta forma ratificamos a nossa participação no projeto.

*

Oficina de Audiovisual Local: Escola José Francisco Nunes / Pov. Itapicuru/Irecê-BA Data:02/03/09

Projetos: Rede de Intercâmbio de Produção Educativa – GEC/FACED/UFBA/FAPESB Uso das TICs na/da Escola José Francisco Nunes – PMI/SEC/FAPESB

RELATÓRIO

Nesta oportunidade a equipe do Ponto de Cultura Ciberparque Anísio Teixeira, facilitou o conhecimento e o desenvolvimento de atividades práticas através dos softwares livres: audacity, kino e cinelerra. A oficina começou com a demonstração dos recursos básicos do audacity, programa responsável pela captura e edição de áudio. Como atividade, alguns participantes gravaram alguns diálogos e editaram músicas. Com o programa kino foram feitas capturas de imagens da própria oficina através da filmadora. As imagens capturadas com o kino junto com o áudio produzido no audacity, foram transpostos para o cinelerra e editados. Como produto desta edição obtivemos um pequeno vídeo de caráter ilustrativos sobre o uso de alguns destes recursos. A oficina teve a participação de vários segmentos da escola: alunos, professores, coordenadora e auxiliares técnicos. É importante ressaltar o caráter interativo das oficinas realizadas pela equipe do Ponto de Cultura Ciberparque Anísio Teixeira e a participação dos alunos e demais pessoas que desfrutaram desse conhecimento intermediado.

Nelson Rodrigues da Cruz Jr Colaborador

CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS

Você já imaginou um mundo sem todos esses aparatos tecnológicos que nos cercam? Pense bem! Sem celular, sem televisão, sem carros. E ai? O que você acha de um mundo assim? Bem, a verdade é que para muitas pessoas um mundo assim além de ser imaginável também seria difícil para a vida, embora a humanidade tenha vivido desse jeito por muitos milênios. Calma! Não estou dizendo que vamos deixar de usar toda essa tecnologia, quero sim provocar uma reflexão sobre o seu uso. Aliás, todos nós devemos fazer isto, porém como fazer sem o devido conhecimento em ciências para tomarmos consciência dos pós e contras de ambas. Mas, não basta sabermos sobre ciências e tecnologia, sem sabermos como estas se relacionam com a sociedade, daí o porquê de fazermos a relação entre ciências, tecnologia e sociedade, tirando, assim, o que a de bom para a humanidade, para o ensino e para a construção da cidadania, onde o principal são as pessoas e o ambiente. Levando os alunos a refletirem sobre as tecnologias, dentro destes termos, pode-se contar com uma evolução histórica do desenvolvimento enquanto se aprende os conceitos das ciências se vê também como nossas vidas mudaram ao longo dos tempos ,com isso também podemos desenvolver habilidades e competências para a vida e não só para o conhecimento escolar.

Texto para o Informativo do Saco Professora Sonia Maria Machado

Topic attachments
I Attachment Action Size Date Who CommentSorted descending
jpgjpg dsc07133.jpg manage 143.2 K 17 Aug 2009 - 14:24 UnknownUser  
jpgjpg escola.jpg manage 53.9 K 17 Aug 2009 - 14:10 UnknownUser  
elseodt relatório_oficina_audiovisual.odt manage 23.7 K 22 Jul 2009 - 21:48 UnknownUser